descriçao

descriçao

Siga-me no Facebook

Pesquisar este blog

quinta-feira, maio 14, 2015

Decoração sustentável

Com criatividade, é possível repaginar a casa sem gastar muito, dar um toque moderno ao espaço e ainda preservar o meio ambiente

 



Decoração sustentável

Sustentabilidade é, sem dúvida, um termo que chegou para ficar e que vai muito além do modismo, já que os recursos naturais do nosso planeta são finitos e é da conservação e do bom uso deles que depende a nossa sobrevivência.

Presente cada vez mais no nosso dia a dia, o termo significa, em linhas gerais, o uso consciente dos recursos naturais, através de atitudes ecologicamente corretas, viáveis economicamente, socialmente justas e inseridas no contexto cultural de cada região.

 Hoje, uma grande parcela das empresas tenta de alguma forma inserir seus produtos e serviços dentro desse conceito e, assim, mostrar aos clientes e parceiros que estão engajadas com a manutenção do planeta e das comunidades locais.

De empreendimentos imobiliários a roupas, de carros a alimentos, atualmente existem companhias de todos os tipos preocupadas em adotar ações sustentáveis a fim de manter um mundo melhor para as futuras gerações.

A prática não tardou a chegar à arquitetura e à decoração, com projetos ecologicamente corretos e ideias de como reutilizar móveis e materiais já existentes.


“Além disso, é educativa para as gerações futuras, pois se baseia no reuso, restauro, reciclagem e escolha de materiais que não agridem o meio ambiente”.
A ideia de transformar o que já existe, evitando o descarte de elementos ainda úteis e o consumo desnecessário, é um dos pilares da decoração sustentável.

Por isso, a recomendação ao começar uma reforma é pensar duas vezes antes de decidir se desfazer de algum elemento da decoração, pois muito do que acreditamos ser lixo pode ser transformado e reaproveitado com um pouco de criatividade e bom gosto.

Bom para a casa, o bolso e o planeta

Os benefícios de uma decoração sustentável são inúmeros, mas a maior vantagem para o meio, ambiente é a contribuição para diminuir a quantidade de lixo produzido.

“Na decoração sustentável sempre haverá um novo uso possível antes de se pensar em um descarte”,
O uso de madeira de reflorestamento, a adaptação de latas em peças decorativas, o aproveitamento de pallets (aquelas estruturas de madeira usadas por supermercados para o armazenamento e transporte de mercadorias) e a reutilização de objetos que perderam sua função original são algumas sugestões da profissional para criar uma ambientação sustentável.

“Acredito que o segredo de uma decoração sustentável esteja em fazer um amplo estudo do ambiente a ser projetado, incluindo a região onde ele está localizado”.
Retomando o exemplo dos pallets,  o uso deles está em voga. Entretanto, a alternativa é coerente nos grandes centros urbanos, onde as peças são muito usadas e descartadas.

“Pode não fazer muito sentido usá-los em uma cidade pequena, onde não há pallets em abundância. Mandar buscá-los em outro lugar para serem reutilizados na obra seria insustentável e acarretaria impactos ambientais. Assim, a melhor solução é descobrir materiais regionais para serem incorporados aos projetos”.

Gostou da possibilidade de arrumar sua casa de maneira sustentável? Confira abaixo algumas sugestões para fazer o reuso na decoração.



1-Moldura
 
Aquele quadrinho que você não gosta mais, que tem uma moldura superfofa, pode muito bem ganhar nova vida. Que tal transformá-lo em um porta-chaves? É só prender ganchos e usar a criatividade para seu “interior”. Até molduras de janelas antigas podem virar porta-retratos e quadros.


 
2- Garrafas
 
Transforme garrafas de vidro em vasos. Vale usar a peça ao natural, depois de bem limpa, ou ainda transformá-la com tinta, linha, papel... O resultado são peças delicadas e multicoloridas!

 

 

 

 
3-Madeira de demolição
 
Aquela madeira que seria desperdiçada pode ser transformada em prateleiras rústicas ou usadas como suporte para acomodar livros, revistas e outros acessórios. Também pode servir de base para a nova mesa de centro. Pallets também funcionam nessa proposta.
 
 
 
 
 
 
 
4-Caixote de madeira
 
Use caixotes reciclados para fazer banquinhos super descolados. Aposte nas cores vibrantes para dar vida às estruturas e estampas bacanas para as almofadas. 
 
 
 
 
5-Caixa de madeira e talher
 
Caixotes de madeira de feira, com uma mão de pátina, e talheres sem uso podem render uma incrível bandeja. É só moldar o garfo ou a colher, prender nas laterais e acomodar os mais diversos objetos, como garrafas e frutas. 
 
 
 
 
6-Madeira de demolição e talher
 
Achou um pedaço de madeira que gostou, mas não sabe o que fazer? Lixe-o e pinte-o e, depois, fixe talheres com o cabo entortado. A estrutura pode virar porta -bijuterias ou um porta-chaves incrível.
 
 
 
 
7-Mala de couro
 
Já pensou em transformar uma mala antiga em assento? Pois é isso mesmo! Aquela peça de couro velha, que iria para o lixo, pode ser reformada e virar uma poltrona bem moderna. 
 
 
 
 
 
 
8-Gaveta de madeira
 
A gaveta antiga, pintada e com fundo feito em tecido, pode ser convertida em porta -bijuterias, pequena estante para livros ou brinquedos.
 
 
 
 
 
9-Latas de alumínio
 
Transforme latas de leite em pó ou achocolatado em organizadores de papéis e materiais de escritório. As latas podem ser de vários tamanhos e dispostas deitadas ou em pé. Você pode customizá-las com tinta ou, ainda, cobri-las com tecido ou papel autoadesivo coloridos. 
 
 
 
São dicas e ideias maravilhosas...então gente soltem sua criatividade e mãos à obra!